logo ARQUITETURA E INTERIORES
Siga & Compartilhe

O que é Arquitetura Bioclimática?

BIOCLIM

O que é Arquitetura Bioclimática?

Conforto é uma das primeiras palavras que vem à cabeça, quando pensamos na construção de uma casa. Este é o desejo e, claro, a necessidade principal das pessoas e é também um motivador do mercado, sempre ávido pela busca de soluções tecnológicas para proporcionar uma vida cada vez mais agradável. Ocorre, porém, que muitas soluções apresentadas podem ser agressivas ao meio ambiente. Num momento como o que estamos vivendo, em que a consciência ambiental tem se tornado pauta cada vez mais relevante outras propostas vem à tona, com o intuito de oferecer conforto mas com respeito à natureza.

Neste contexto, surge a Arquitetura Bioclimática, que bebe da fonte de métodos construtivos ancestrais. Na definição do especialista em construções sustentáveis Adonis Arantes de Souza “Arquitetura Bioclimática é o estudo que busca a harmonização das construções ao clima e características locais. Manipula o desenho e elementos arquitetônicos a fim de otimizar as relações entre homem e natureza, tanto no que diz respeito à redução de impactos ambientais quanto à melhoria das condições de vida humana, conforto e racionalização do consumo energético.”

Neste projeto que executei numa casa no bairro Mangabeiras, em Belo Horizonte, tive como base a Arquitetura Bioclimática. Fiz um estudo aprofundado para conseguir proporcionar aos clientes a vista que eles queriam e, ao mesmo tempo, tirar proveito dos recursos naturais (sol, vegetação, chuva, vento) para minimizar os impactos ambientais e reduzir o consumo energético.

BIOCLIM

Para que este conceito fique ainda mais claro, listei abaixo 5 tópicos fundamentais sobre Arquitetura Bioclimática:

1 – A temperatura é um dos fatores mais impactantes numa construção. Mas é importante que se diga que ela não tem a ver apenas com a incidência solar. Ventilação no local, altitude e até a natureza do solo podem influenciar no microclima da casa.

2 – O paisagismo pode ser um grande parceiro da Arquitetura Bioclimática pois, além de deixar o ambiente naturalmente fresco, a vegetação ainda filtra o pó presente no ar.

3 – Uma das maneiras clássicas de colocar em prática a Arquitetura Biclimática é a ventilação cruzada, que consiste em colocar vãos (janelas ou portas) em paredes opostas, estimulando a entrada e a saída de ar. Isso deixa o ambiente mais fresco e purificado.

4- Ainda falando sobre vento, é muito importante estudar sobre sua circulação. Conhecendo bem as massas de ar, os movimentos constantes, as intensidades e as direções, podem ser criadas estratégias naturais de resfriamento dos ambientes, com a substituição do ar interno mais quente pelo ar de fora.

5 – O posicionamento da casa no terreno é crucial. No meu projeto citado acima, por exemplo, os clientes faziam muita questão de ter uma bela vista. Tive que fazer um estudo de modo que atendesse ao desejo dos clientes em conciliação com os fatores climáticos.

Que tal executar seu projeto em total harmonia com a natureza? Este é o propósito do nosso trabalho. Entre em contato conosco.

Compartilhar Post