logo ARQUITETURA E INTERIORES
Siga & Compartilhe

Planeta Casa: a Casacor SP e o compromisso com a sustentabilidade

casacor06

Planeta Casa: a Casacor SP e o compromisso com a sustentabilidade

Até o dia 04 de agosto o Jockey Club de São Paulo recebe a 33a edição da Casacor SP que, este ano, tem como três pilares principais: sustentabilidade, tecnologia e afeto. A partir disso, o tema da mostra deste ano é “Planeta Casa” e nos convida a refletir sobre como nossa casa impacta no planeta e o quanto o planeta merece nosso cuidado já que, numa instância macro, é também nossa casa.

Confiram abaixo algumas ideias que tem sido levantadas neste contexto efervescente para nossa consciência ambiental.

O ambiente Arena Casacor, de Tania e Fabiano Hayasaki, apresenta na prática a proposta do reaproveitamento de água pluvial para irrigação do paisagismo. Outro ponto que merece destaque no projeto é uma “madeira” ecológica, feita com borracha descartada.

casacor01

Por falar na busca por materiais sustentáveis, o Jardim dos Chefs, assinado por Catê Poli e João Jadão, ousa por trazer diversas plantas comestíveis, plantadas em vasos feitos de um plástico, desenvolvido a partir da cana de açúcar.

casacor02

Já em relação à energia, uma ideia muito bacana chama a atenção no espaço VarandAr, do escritório Plantar Ideias. O ambiente conta com totens de iluminação, alimentados por energia solar.

casacor03

A loja da Casacor, executada pelo Marton Estúdio, foi toda elaborada com o intuito de trazer uma reflexão sobre o tema “Planeta Casa”. A utilização dos tons de branco e outros matizes claros é um chamado para a reflexão da ausência e a busca do equilíbrio para o planeta. O processo construtivo do projeto é o grande diferencial para a mostra nesse ano, pois todos componentes, estruturas e marcenaria foram construídos em indústrias e instalados no local, resultando em uma montagem rápida, econômica e com pouco descarte de refugos.

casacor04

O Loft Mobili traz um conceito que tem tudo a ver com sustentabilidade, que é a mobilidade. O projeto de Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz foi concebido a partir de módulos habitáveis, que podem ser transportados e montados novamente com parafusos, que evitam desperdícios de materiais. Pelo mesmo motivo, a fundação também dispensa a perfuração no solo.

casacor05

Outro ambiente que reforça o conceito de mobilidade e de obras limpas é o Contêiner Cosentino, por Marília Pellegrini. O espaço foi feito a partir de dois contêineres acoplados.

casacor06

A Casa das Sibipirunas, como o nome sugere, acolheu as duas árvores existentes no local. Por causa delas, o arquiteto Otto Felix por criar um pergolado, com cobertura de vidro. Este artifício ainda permite o máximo aproveitamento da luz natural.

casacor07

E não são apenas os ambientes da Casacor SP que nos levam à reflexão. A mostra está também trazendo uma série de eventos com uma abordagem ecológica. Um dos palestrantes convidados para o mês de julho será o arquiteto e designer Marcelo Teixeira que, entre outros temas, irá apresentar a bicicleta PWB Freedom – Air, criada por ele, em parceria com a marca LPJ Wood Works. Em sintonia com o que há de mais contemporâneo no mercado e na arte, a LPJ Wood Works iniciou o desenvolvimento de peças que seguem o lifestyle da bike, tendo como princípios a sustentabilidade e a marcenaria fina (Mais informações: https://lpjwoodworks.com.br/).

 

casacorsp

 

Compartilhar Post