logo ARQUITETURA E INTERIORES
Siga & Compartilhe

Sustentabilidade em Milão: casa portátil, móveis de pote de iogurte e tecido de bananeira

milao05

Sustentabilidade em Milão: casa portátil, móveis de pote de iogurte e tecido de bananeira

Sustentabilidade não é tendência. É necessidade que precisa ser incorporada ao nosso cotidiano de maneira definitiva. A Feira do Design de Milão, realizada na semana passada, veio para reforçar esta necessidade e lembrar a todos os profissionais dos segmentos de arquitetura e design de interiores que devemos nos inquietar na busca incessante por soluções cada vez mais ecológicas.

Selecionei algumas das novidades lançadas na feira e que são realmente inspiradoras. Vamos conferir?

De jovens estudantes a designers renomados, muitos foram os expositores que apresentaram alternativas para a alarmante preocupação mundial em relação ao descarte do plástico. A galeria Rossana Orlandi organizou dois eventos para debater o assunto. No primeiro evento, designers e arquitetos foram convidados a criar peças com plástico reutilizado. Um dos destaques foi o espanhol Jaime Hayon, que mostrou uma tapeçaria multicolorida feita com fio de poliéster fabricado com a reciclagem de garrafas plásticas. O material foi desenvolvido pela marca têxtil centenária Bonotto, parte do grupo Ermenegildo Zegna.

 

milao

Outro evento da galeria Rossana Orlandi propôs um concurso entre designers, chamados a apresentar produtos feitos com a reutilização de plástico. Foram mais de 300 projetos enviados do mundo todo. O primeiro lugar ficou para o alemão Alexander Schul, que criou uma coleção com cadeira, mesa lateral e luminária feita com potes de iogurte reciclados, que deram o aspecto branco marmorizado das peças. O material foi criado pela empresa britânica Smile Plastics, que comercializa plásticos reciclados em forma de painéis.

milao02

A substituição do plástico na industrial têxtil também foi pauta em Milão. A empresa suíça QWSTION desenvolveu um material muito especial feito de folha de bananeira para criar uma de suas coleções de mochilas. A coleção e o material, batizado de Bananatex, foram apresentados durante a Feira de Design. O mais bacana é Bananatex que o foi concebido em código aberto (ou seja, liberado para outras empresas) com o objetivo de incentivar marcas de todo o mundo a usá-lo em seus produtos.

milao04

milao03

Outra criação sensacional apresentada na feira deste ano foi a Casa Ojalá, um protótipo de mini residência assinada por Beatrice Bozanigo e Isabella Invernizzi, do IB Studio. A morada possui apenas 27 m² e pode ser montada em qualquer lugar. O mais incrível, no entanto, é que a Casa Ojalá é completamente sustentável. Um sistema de coleta de água da chuva e um tanque séptico fornecem o líquido para beber e tomar banho. Já os painéis fotovoltaicos são usados ​​para gerar energia. Luz e ventilação natural também são recursos que devem ser levados em consideração na minimização dos impactos ambientais.

milao05

Na Euroluce, evento bienal que acontece paralelo à Feira de Milão, a pauta da sustentabilidade foi igualmente destacada, assim como a atenção com a natureza. Os brasileiros irmãos Campana apresentaram a luminária Irupe. A peça é inspirada na densa vegetação da floresta tropical, em particular na exuberante Vitória-Régia. Projetada para desencadear uma reflexão sobre a preservação da natureza e sobre a devastação das áreas verdes do mundo, a luminária consiste em um LED de carcaça de disco de metal fino que projeta luz sobre uma tela delicada que reproduz a textura de uma folha.

milao07

Gostou? Na sua opinião, qual dessas foi a melhor ideia? Continue nos acompanhando por aqui que teremos sempre muitas novidades sobre sustentabilidade para vocês.

Compartilhar Post